Garoto de 10 anos idealiza dispositivo para salvar crianças esquecidas em carros

Foto: NBC Washington.

Depois de ficar sabendo que um bebê em seu bairro foi esquecido dentro do carro e morreu, Bishop Curry V, 10 anos, começou a pensar sobre como poderia evitar esse tipo de acidente.

O garoto do Texas, inventou um dispositivo (ainda em fase de concepção), para ser encaixado na cadeirinha da criança e monitorar a temperatura dentro do carro. Quando a mesma atingir certo grau, o aparelho irá começar a emitir ar gelado em direção à criança, enquanto envia um alerta aos pais ou cuidadores. Caso estes não respondam, o pedido de socorro é então enviado às autoridades e paramédicos.

Modelo 3D do dispositivo.

A invenção, batizada de Oasis, já arrecadou mais de $29 mil dólares em sua página do gofundme.com, um site de financiamento coletivo. Na página, o pai do garoto informa que já tem uma patente provisória e um modelo 3D do aparelho e espera começar a produção assim que possível.

Em entrevista para o site amtrib.com, Bishop IV, que trabalha para a Toyota, afirmou já ter comunicado a empresa sobre a ideia e conta que ele e o filho foram convidados para uma visita ao Centro Técnico da companhia em Detroit, onde tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre testes de segurança em veículos e de conversar com o diretor da Evenflo, uma empresa que fabrica assentos de carro e dispositivos para crianças.

Bishop Curry IV, pai do garoto.

Disse também que um ponto empolgante sobre o projeto é que não será necessário desenvolver nenhuma tecnologia nova e que isso agilizará a produção.

“Já existe tecnologia para nos enviar alertas pelo telefone, refrigerar o ar e detectar peso, então estudar a integração dessas tecnologias do modo como ele está pensando, vai ser mais rápido do que se tivéssemos que inventar alguma que ainda não existe.”

Em uma outra reportagem, para o canal NBC Washington, o garoto mostrou algumas de suas outras engenhocas e afirmou que seu sonho é criar coisas que possam salvar muitas vidas, confira o vídeo (em inglês):

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *