Pesquisadora asiática cria cerveja que faz bem à saúde

Alcine Chan, 23, criadora da cerveja. Foto: Universidade Nacional de Cingapura

Uma pesquisadora da Universidade Nacional de Cingapura desenvolveu uma fórmula de cerveja com probióticos, que podem trazer diversos benefícios à saúde.

Probióticos são mais conhecidos como as “bactérias do bem”, que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), são microorganismos vivos que quando administrados em quantidades adequadas, beneficiam a saúde de quem os consomem.

A responsável pela receita, Alcine Chan, 23, disse que se inspirou nos iogurtes com probióticos que consome diariamente. Ela espera que a popularidade da cerveja ajude a levar benefícios também a pessoas que tenham algum tipo de alergia ou restrição às bebidas lácteas, já populares no mercado.

“Foi um desafio criar a bebida devido ao ácido do lúpulo contido na cerveja, que evita que esses microorganismos cresçam e sobrevivam.”

Liu Shao Quan, o professor que supervisionou a pesquisa de Alcine, disse que a cerveja é simplesmente um novo veículo para a entrega de probióticos e que sua aluna trabalhou durante nove meses para encontrar a fórmula ideal.

Alcine (a dir.) e seu orientador, Liu Shao Quan. Foto: Universidade Nacional de Cingapura.

Cada 100ml da bebida contém 1 bilhão de probióticos – o número recomendado por porção pela associação internacional de estudos científicos de probióticos (ISAPP). A cerveja, que ainda não tem nome, possui um teor alcoólico de 3,5%, um pouco abaixo dos 5% a 9% das cervejas comuns e demora em torno de 1 mês para ficar pronta.

Alcine já fez uma solicitação de patente para proteger sua fórmula e afirma que uma empresa japonesa já manifestou interesse para produzir em escala comercial, mas ainda não existe nenhuma previsão para que a bebida chegue ao mercado.

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *