Através do Triathlon, voluntários transformam a vida de crianças sedentárias e com problemas psicossomáticos

Equipe reunida após o 3º simulado de triathlon, realizado em abril, no Recife. Foto: Reprodução facebook.

Criado por um grupo de triatletas do Recife, o Tri Amigos Pernambuco é um projeto social, sem fins lucrativos, que desenvolve um trabalho de auxílio a crianças através da prática de esportes e incentivo à leitura.

Com o apoio de profissionais voluntários, o projeto atende a 25 crianças de uma escola pública estadual do bairro de Boa Viagem e as assiste com avaliações físicas, nutricionais e treinamento de triathlon duas vezes por semana.

Ao oferecer atividades nos espaços públicos da cidade, os responsáveis pela iniciativa buscam proporcionar uma infância com experiências mais saudáveis para afastar as crianças do isolamento e sedentarismo, causados pelos costumes da era digital.

Através da leitura, esperam despertar nelas o pensamento crítico, o enriquecimento cultural e a consciência cidadã, incentivando-as a ler um livro infanto-juvenil a cada 15 dias.

O projeto começou quando Pedro Barros, 32 anos, organizou uma série de treinos simulados de triathlon na praia de Boa Viagem e quis aproveitar o aumento do número de participantes para fazer alguma ação social.

Por indicação, ficou sabendo do projeto Rolnan Esportes, que faz atividades com crianças em áreas de risco na Região Metropolitana do Recife. Após procurar e conhecer o trabalho, o triatleta arrecadou e doou vários equipamentos necessários à prática da modalidade.

Entre fevereiro e abril deste ano, foram 4 bicicletas profissionais e dois núcleos completos de iniciação ao triathlon (kits com tendas, equipamentos de apoio, bicicletas, capacetes e todos os materiais de natação), suficientes para atender 40 crianças.

Entrega dos núcleos de iniciação ao triathlon às crianças do projeto Rolnan Esportes. Foto: Reprodução facebook.

Depois do feito, Pedro percebeu que poderia expandir a ação e procurou a escola que auxilia hoje, em parceria com profissionais voluntários. Com o auxílio dos professores e diretores, selecionou algumas crianças sedentárias ou com alguma dificuldade disciplinar para iniciar o trabalho.

No momento, os jovens, que têm entre 10 e 13 anos, estão sendo preparados para participar do próximo simulado de triathlon, que acontecerá no dia 12 de outubro, na praia de Boa Viagem. Na ocasião eles poderão ter a experiência de participar de um treino com outros atletas da modalidade.

COMO AJUDAR

O Tri Amigos Pernambuco se mantém através da produção e venda de artigos esportivos, como camisas, viseiras, shorts, etc. Aceitam doações de materiais esportivos, que são repassados aos assistidos ou vendidos num bazar, quando não são de um tamanho que sirva para as crianças. Toda a renda é revertida para os custos do projeto.

Quem quiser ajudar, além de compartilhar a história, pode doar óculos e toucas de natação, capacetes de ciclismo, tênis infantis e bicicletas aro 20 e 24. Para isso, basta entrar em contato através da página do facebook ou do perfil do instagram e combinar a entrega.

Confira um vídeo do projeto:

Iniciativas como essa nos mostram a importância do compartilhamento, não apenas aquele das redes sociais, mas principalmente o compartilhamento de tempo, de ideias, dedicação e esforços. Inspire-se.

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *