Na paraíba, time de basquete infantil recebe ajuda dos ‘adversários’ para participar da etapa nacional dos jogos escolares em Curitiba

Alunos das duas escolas que disputaram a final de basquete dos jogos escolares paraibanos. Foto: Reprodução facebook.

A final do basquete masculino dos Jogos Escolares da Paraíba, na categoria de 12 a 14 anos, foi recheada de emoções.

Além do título de campeão estadual, a partida também valia uma vaga para participar da etapa nacional, nos Jogos Escolares da Juventude, que acontecerá em Curitiba, capital do Paraná.

Entre o Colégio Motiva, de João Pessoa e a Escola Municipal João Alves, do município de Caiçara (localizado a aproximadamente 130 km da capital), o time do interior levou a melhor e venceu o jogo por 31 a 19, conquistando a vaga no brasileiro. Porém, outro desafio se iniciava: custear a viagem.

Diferente das passagens de avião que tinha prometido no início, o Governo paraibano anunciou apoio para custear apenas as passagens de ônibus (que duram 3 dias entre a Paraíba e o Paraná), o que gera uma série de outros gastos.

Ao passo que o Comitê Olímpico Brasileiro, comunicou que contribuiria com hospedagem, alimentação e deslocamento apenas na primeira fase do campeonato, que corresponde aos três primeiros dias de competição. Depois disso, só continuaria custeando despesas dos times classificados para as fases decisivas.

Os garotos da Escola Municipal são de famílias humildes, que não tem condições de pagar pela viagem. O contato deles com o esporte se dá através do Basquete Caiçara-PB Tigres, um projeto social que atende crianças e adolescentes dos 7 aos 17 anos.

Diante dessa situação, o técnico do time vencedor, José Edson Francisco, percebeu a impossibilidade de viajar e entrou em contato com Adriano Lucena, técnico do time do Colégio Motiva, para informar sobre a desistência.

Ao serem comunicados sobre o ocorrido, os pais dos garotos do colégio particular se recusaram a aceitar a vaga e iniciaram uma campanha online para arrecadar fundos e doar para que os garotos do Caiçara Tigres pudessem fazer a viagem.

Campanha iniciada pelo pai de um dos jogadores da escola particular. Foto: Reprodução facebook.

As pessoas se comoveram com a atitude e em 24h, Tárik Pereira, um dos pais que tomou a frente da campanha, postou em sua página do facebook que a campanha já tinha arrecadado R$ 2.475,00. Ele agradeceu muito e disse que não tinha dúvidas de que atingiria a meta de R$ 6 mil até o dia 8 de setembro.

Postagem de Tárik sobre a arrecadação. Foto: Reprodução facebook.

No dia 4, ele fez um novo post, comunicando que a meta havia sido alcançada e que conseguiram o suficiente para custear as 12 passagens de avião e as despesas com alimentação e hospedagem. Disse ainda que as doações vieram de diversas partes do país e de pessoas que eles absolutamente não conhecem.

Postagem comemorando a meta atingida. Foto: Reprodução facebook.

Os jogos acontecerão no período de 12 a 21 de setembro e com certeza a equipe paraibana contará com algumas centenas a mais de torcedores. Essa história nos mostra o quanto é possível fazer quando temos iniciativa e boa vontade para ajudar as pessoas.

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *